Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro desenvolve portal de geoinformações

O governo do Estado do Rio de Janeiro começou a utilizar um portal com informações georreferenciadas para auxiliar a tomada de decisões de todas as secretarias e facilitar o acesso de cidadãos a dados públicos. O PortalGeo, como foi batizado, permite visualizar a localização de ações e projetos da administração pública de sete órgãos governamentais, além de indicadores sociais e ambientais. O download dos mapas gerados pelo sistema é liberado.

 
São Luis / MA
São Luis informatiza escolas

Em breve, as escolas municipais de São Luis, no Maranhão, terão seus registros informatizados, o que deve facilitar seu gerenciamento e o diálogo com estudantes e famílias. Em 27 de janeiro, a prefeitura da capital maranhense assinou convênio com o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) para implementar uma solução de gestão da educação nas 252 instituições de ensino municipais.

 
Uberlândia/MG
MCTI e prefeitura fazem acordo para rede óptica metropolitana

A prefeitura de Uberlândia (MG), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a Universidade Federal de Uberlândia acabam de fechar um acordo para estender ao município o projeto de Redes Metropolitanas Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), uma infraestrutura de fibras ópticas para instituições de pesquisa e educação. O termo de cooperação abrange os estudos técnicos e as decisões relativas à implantação da rede.

 
Pará
Navegapará chegará a mais oito municípios do sul do Pará

Mais oito municípios do sul do Pará deverão ser contemplados, ao longo deste ano, com a implantação do Navegapará, programa de inclusão digital do Governo do Estado, executado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e pela Empresa de Processamento de Dados do Pará (Prodepa). A meta é inaugurar, até o final de 2014, cidades digitais em 10 municípios da região.

 
João Pessoa
BID escolhe João Pessoa para a Iniciativa Cidades Emergentes

A capital paraibana foi a primeira cidade escolhida pelo Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) para integrar a Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES) em sua segunda etapa. O programa, que já foi adotado em Goiânia (GO) na etapa piloto, pretende alcançar 50 cidades do América Latina e do Caribe até 2015. As outras são Palmas (TO), Vitória (ES) e Florianópolis (SC).

 
« <   1   2   3   4   5   6   [7]   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: