Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Paraíba
Aposta em redes de fibra ótica para difundir ensino e pesquisa

A Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e do Meio Ambiente (Sectma) da Paraíba trabalha em três projetos de construção de segmentos de fibra ótica. As redes integrarão as unidades de ensino superior e pesquisa e as instituições públicas e privadas do Estado que aderirem às iniciativas. É o embrião do Paraíba Digital, previsto para ser lançado em novembro.

 
Londrina / PR
Rede sem fio será inaugurada em novembro

Sem deixar de lado o anel de fibra ótica em uso há cerca de 10 anos, Londrina decidiu implementar uma rede sem fio para sustentar sua necessidade de expansão. Com a inauguração da rede, prevista para 10 de novembro, o município paranaense de 500 mil habitantes, localizado a 379 quilômetros da capital, pretende ampliar a interligação de seus órgãos públicos, conectar todas as escolas e hospitais e oferecer serviços online para a população.

 
Amazonas
Quinze municípios terão redes sem fio nos próximos seis meses

Em até 200 dias, 15 municípios amazonenses receberão redes sem fio de acesso à internet. É o que promete o projeto estadual Amazonas Digital, cuja licitação já foi realizada. A iniciativa prevê a iluminação de 61 dos 62 municípios do Estado com sinal sem fio de internet, que chegará via satélite e será retransmitido via Wi-Fi ou WiMax, opção a ser feita caso a caso. A capital, Manaus, fica de fora, pois terá rede mais complexa.

 
Rio Grande do Sul
Rede pública terá mescla de tecnologias

O uso da tecnologia para melhorar os serviços públicos ganhou mais um adepto no território nacional. Agora, é o Governo do Estado do Rio Grande do Sul que, por intermédio da Secretaria da Ciência e Tecnologia (SCT), criou um projeto para desenvolver e implantar uma rede utilizando Power Line Communication (PLC), fibras óticas, Wi-Fi, WiMax e Voz sobre IP (VoIP).

 
São Paulo / SP
Maior cidade brasileira integra ações de governo eletrônico

Em evento nesta segunda-feira, 15 de setembro, a prefeitura de São Paulo apresentou as novas ações da maior cidade do Brasil para ampliar a digitalização de serviços e processos públicos. A principal delas talvez seja o próprio agrupamento de tudo o que o governo municipal já vem fazendo sob um mesmo guarda-chuva, dando início à utilização do termo Cidade Digital. Para o futuro, há muitos planos. A iniciativa que mais deverá agradar aos moradores é a instalação de hotspots − áreas de internet sem fio livre e gratuita − pela cidade. O primeiro já está em fase experimental, no Parque do Ibirapuera. No evento, também foi lançado o projeto Cidade Limpa Digital, que visa a estimular a regularização de softwares no município.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   [38]   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: