Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Lucas do Rio Verde / MT
Entrada na era digital à espera de verba

Lucas do Rio Verde está se preparando para fazer grandes investimentos em tecnologia para se tornar uma cidade digital. A prefeitura já iniciou estudos para implementar um projeto de inclusão digital e de modernização da administração pública e espera apoio do governo federal para tirar os planos do papel. Enquanto isso, conta com a iniciativa privada para levar adiante um programa de monitoramento com câmeras e internet.

 
Sapiranga / RS
Próximo passo é promover a inclusão digital

Sapiranga, na região metropolitana de Porto Alegre (RS), deu início a um projeto de Cidade Digital em 2005. Desde então, a prefeitura instalou equipamentos, capacitou o corpo de funcionários, interligou unidades, montou dois telecentros e implementou sistema para gestão online. Atualmente, o trabalho está voltado para a inclusão digital de toda a população, em torno de 74 mil habitantes.

 
Brusque / SC
Sinal sem fio por toda a cidade

Com uma digitalização já presente na área educacional, a catarinense Brusque, no Vale do Itajaí, quer agora estender esse perfil para todo o município. A ideia é irradiar sinal sem fio de internet por toda a cidade de quase 100 mil habitantes, fazendo-o chegar a escolas, postos de saúde, telecentros e hotspots em praças e locais públicos. Uma decisão já foi tomada: o sinal não será liberado para as casas.

 
Pitangueiras / PR
Rumo à modernização digital também na área rural

Na realidade pontuada pela produção de café, soja, frango de corte e laranja, a pequena Pitangueiras, no norte paranaense, vai incluir também o computador e a internet. O projeto, liderado pessoalmente pelo prefeito Cristovon Ripol, foi inaugurado em junho e pretende levar internet gratuita para todos os cidadãos da cidade. O requisito: estar com os tributos em dia. O sinal sem fio será levado a todo o centro urbano e a três comunidades rurais.

 
Rio de Janeiro / RJ
Cidade do Rio de Janeiro aumenta banda e prevê R$ 14 milhões para infraestrutura

Em julho sairá o edital para expansão da banda larga na cidade do Rio de Janeiro, que passará dos atuais 24 Mbps para 233 Mbps. É o que avisa Guilherme Telles, presidente da Empresa Municipal de Informática S/A (IplanRio). Junto com a Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia (Sect), o IplanRio é responsável por diversas atividades e processos no âmbito do Rio Conectado, programa lançado no início do ano que pretende fazer a Cidade Maravilhosa ser também digital.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   [33]   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: