Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Rio Preto /MG
Município é o primeiro da iniciativa Minas Digital

Com apenas seis mil habitantes, Rio Preto, no interior mineiro, não pensava em se digitalizar.  Mas a realidade começou a mudar em início de outubro, quando a cidade foi escolhida para ser a primeira a receber o sinal sem fio de acesso à internet do programa estadual Minas Digital, que pretende levar internet em banda larga a todos os 853 municípios mineiros até o final de 2010. Com a conexão, o dia a dia da cidade começa a mudar.

 
São João do Arraial / PI
Internet em troca de escola, pré-natal e impostos

São João do Arraial, a 146 km de Teresina e com cerca de dois mil domicílios, tem algo que muitos grandes municípios ainda buscam: internet gratuita em toda sua extensão territorial. E inovou na forma de acesso. O sinal só é liberado àquelas famílias que comprovem a matrícula das crianças na escola e que estejam com todos os impostos em dia e às mulheres que realizam pré-natal.

 
Icapuí /CE
Município cearense terá internet sem fio e parque tecnológico

Na pequena Icapuí, as fazendas marinhas de produção de lagosta e camarão, principal atividade econômica local, vão ficar lado a lado com as antenas wireless. A cidade cearense de 20 mil habitantes, localizada a 200 quilômetros da capital, tem pronto seu projeto de digitalização, com duas vertentes: internet sem fio e um parque tecnológico. O município também irá se integrar ao Cinturão Digital, a infovia do governo cearense.

 
Belo Horizonte-MG
Capital mineira formaliza projeto BH Digital

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou na quarta-feira, 21 de outubro, em Belo Horizonte, um novo ponto de acesso gratuito à internet para a população, por conta do Projeto BH Digital, parceria do Ministério das Comunicações com a prefeitura da cidade. O termo que transformou a capital mineira em Cidade Digital foi assinado pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, e pelo prefeito, Márcio Lacerda.

 
Baixada Digital – RJ
Coordenação pede cautela aos moradores

O serviço gratuito de internet sem fio na Baixada Fluminense, que faz parte do programa Rio Estado Digital, continua em fase de testes pela Secretaria de Ciência e Tecnologia. A previsão é que até o fim do mês o sinal esteja liberado normalmente. Ate lá, a recomendação é de que os moradores não comprem antenas − para ter o acesso gratuito em suas casas − sem uma posição final dos coordenadores do projeto.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   [30]   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: