Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Rio das Ostras RJ
Rio das Ostras investe em internet gratuita

A cidade de Rio das Ostras, no nordeste fluminense, é uma das maiores beneficiadas com a descoberta de petróleo na camada pré-sal do mar. A riqueza submersa rende royalties à prefeitura, que pode escolher onde investir os recursos. Parte do montante está sendo direcionada à modernização do município, com iniciativas como instalação de pontos de acesso gratuito à internet. Um primeiro hotspot já foi instalado, e mais 11 devem se somar a ele em 2015.

 
Santa Gertrudes/SP
Santa Gertrudes está em programa do MiniCom para se tornar digital

A cidade paulista de Santa Gertrudes, com 24,2 mil habitantes e 98 quilômetros quadrados, espera dar um grande passo para modernizar a administração pública. Localizado a 167 quilômetros da capital do estado, na região de Piracicaba, e com a economia baseada na produção de açúcar, o município é um dos selecionados para o Programa Cidades Digitais do Ministério das Comunicações.

 
Programa Conecta Recife
Capital pernambucana terá 74 pontos gratuitos de WiFi

Moradores e turistas do Recife (PE) poderão, em breve, conectar-se gratuitamente à internet em diversos pontos da cidade. A prefeitura local anunciou, recentemente, o programa Conecta Recife, que disponibiliza 74 hotspots na capital pernambucana. A iniciativa é uma parceria entre a Empresa Municipal de Informática (Emprel) e a Secretaria de Turismo e Lazer.

 
Quatro Barras/PR
Quatro Barras conta com programa do MiniCom para ampliar investimentos

Selecionado na primeira fase do programa Cidades Digitais do MiniCom, Quatro Barras investe para modernizar a gestão e oferecer serviços mais eficientes. O projeto está em fase de implantação. Serão instalados 14 quilômetros de fibra óptica para interligar unidades de saúde, escolas, centros de educação infantil e secretarias municipais, além de oferecer pontos com sinal gratuito de Wi-Fi.

 
São Paulo/SP
Diário Oficial em formato aberto permite big data popular

Recursos de pesquisa, notificações automáticas e monitoramento dos processos com maior risco de corrupção são algumas das facilidades do Diário Livre, uma iniciativa da Controladoria Geral do Município de São Paulo e do Colab-USP. Além da disponibilização do Diário Oficial em formatos txt e csv, que facilitam a automação de buscas e investigações, a parceria envolve outros três projetos de transparência, nas áreas de dados financeiros, informações sobre ativo imobiliário; e sobre relações da prefeitura com entes privados. Os sistemas desenvolvidos na parceria são disponibilizados a outras prefeituras e oferecem interfaces para desenvolvedores de organizações populares. Os projetos não têm qualquer ônus orçamentário, a não ser as horas dos funcionários do município e dos acadêmicos.

 
« <   1   2   [3]   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: