Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Primavera do Leste
Primavera do Leste prioriza gestão integrada de Saúde

A adoção de sistemas de gestão integrada em de Primavera do Leste (MT) já apresenta resultados na área da Saúde. Por exemplo, a média de procedimentos na unidade de Pronto Atendimento aumentou de 17 mil para 21,6 mil, e hoje é possível ter não apenas o controle do número de pessoas atendidas como também dos medicamentos. Outros aplicativos administrativos estão sendo implementados na cidade. 

 
Jaboticabal / SP
Jaboticabal quer avançar mais em seu projeto de Cidade Digital

Desde 2005, Jaboticabal, município paulista com 707 quilômetros quadrados e cerca de 72 mil habitantes, tem todas as suas secretarias e unidades interligadas por uma rede de informática. A partir de 2009, a prefeitura passou a vislumbrar novas incorporações ao Jaboticabal Digital, que vão desde a inclusão digital dos munícipes a monitoramento urbano.

 
São José/SC
Da infovia às compras eletrônicas e ao geoprocessamento

O projeto de São José, município localizado na Região Metropolitana de Florianópolis, começou a ser elaborado em 2009. É dividido em 18 subprojetos, que abrangem desde a construção de uma infovia – base para todas as demais iniciativas – a sistemas de compras eletrônicas, geoprocessamento, emissão de nota fiscal eletrônica e monitoramento urbano. Educação e Saúde estão entre os próximos passos.

 
Paulínia
Paulínia terá 52 km de fibra óptica

Em cerca de dois meses, os moradores de Paulínia, no interior de São Paulo, contarão com um novo sistema de segurança, todo digital, e com acesso livre à internet aos que estiverem com impostos em dia. Este será o resultado do programa Cidade Digital, que a prefeitura lançou no início de março. Haverá um investimento de R$ 23,5 milhões. Os recursos vêm somente do cofre municipal e serão utilizados na instalação de 52 quilômetros de fibra ótica que formarão quatro anéis.

 
Ibirubá/RS
Ibirubá planeja se tornar digital

Localizada a 296 quilômetros da capital gaúcha, Ibirubá, com 19,3 mil habitantes e 607 quilômetros quadrados, pretende implantar projeto para modernizar a administração municipal. Ela é uma das 19 cidades que integram a Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja), que, no ano passado, firmou acordo com a Telebras para viabilizar o desenvolvimento de projetos de Cidades Digitais para a região.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   [16]   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: