Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos

Búzios / RJ
Búzios está no ranking das 100 cidades inteligentes do mundo em energia

Armação de Búzios (RJ) teve seu projeto “Cidade Inteligente” considerado um dos mais inovadores e inspiradores de todo o mundo, de acordo com o relatório “Infrastructure 100: World Cities Edition”, da consultoria KPMG. O documento aponta que Búzios está na vanguarda, tendo sido a primeira cidade brasileira a receber medidores inteligentes de energia (smart grid).

 
Teresópolis
Teresópolis inaugura Centro de Internet Comunitária

Teresópolis é mais uma cidade fluminense a contar com um Centro de Internet Comunitária (CIC), visando propiciar acesso à inclusão digital. O CIC é resultado da parceria da Secretaria de Ciência e Tecnologia do município e do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj). Acesso gratuito à internet e cursos de alfabetização digital são os destaques do telecentro. 

 
Distrito Federal
Comunicação ágil salva dependentes de transplantes

Com tecnologia simples e muito bom senso, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal disponibilizou na web um formulário de autorização para doação de órgãos, cuja assinatura dos familiares é autenticada em delegacias ou hospitais, e o documento pode ser retornado pelo “velho” fax. A inovação desse esquema é aproveitar a fé pública dos funcionários do Estado para agilizar o processo burocrático, sem que se perca a segurança legal.

 
Rondônia
Colaboração intermunicipal simplifica projetos de cidades digitais

Vale do Paraíso, a 360 quilômetros da capital Porto Velho, foi a primeira cidade a instalar uma estrutura de acesso em banda larga no modelo desenvolvido na Associação Rondoniense de Municípios (Arom). Na área urbana, um ponto de acesso, em uma torre de 60 m, oferece Internet a 1 Mbps em um raio de 6 km. O projeto também inclui atendimento a duas linhas rurais, a 25 km da base. Além dos serviços de dados, a estrutura de banda larga leva telefonia a órgãos públicos, por meio de servidores de VoIP que compõem o projeto de cidades digitais, assim como é uma alternativa de telefonia fixa aos cidadãos.A Arom, que reúne os 52 municípios do Estado, presta serviços de projeto, instalação e suporte. Embora cada prefeitura arque com o investimento direto na aquisição dos equipamentos, o município não gasta com serviços técnicos e conta ainda com estudos mais precisos.

 
Curitiba/PR
Curitiba distribui netbooks para alunos da rede pública

Até agosto, 183 escolas da rede de ensino de Curitiba receberão kits que incluem entre 40 e 200 netbooks, conforme o número de alunos, como parte do programa Conexão Escola. A inciativa foi lançada no início deste mês. O município paranaense também adquiriu o sistema educacional interativo Aprimora, uma combinação de atividades multimídia, avaliações online e sugestões de encaminhamento para o professor.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   [14]   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   > »

«Voltar



Apoio: