Por que ser uma Cidade Digital » Experiências de sucesso

Santa Catarina
Sistema de e-Gov muda a rotina em órgãos públicos

Em Santa Catarina, o uso das tecnologias da informação e comunicação é mais uma opção para o governo comunicar-se com a população e prover melhores serviços.  Para os responsáveis pela execução do projeto de e-Gov no Estado, essa iniciativa implica mudanças na forma como o governo e os cidadãos interagem e pode se tornar um fator de promoção do exercício da cidadania.

 
Duas Barras/RJ
Acesso à internet nas casas muda hábitos da cidade

A falta de provedores comerciais de acesso à internet foi o estopim para a criação do projeto de Cidade Digital de Duas Barras, cidade fluminense de 11 mil habitantes, localizada na região serrana. Atualmente, Duas Barras tem todo seu centro urbano com internet, conectando assim todas as secretarias municipais, a Guarda Municipal e o posto do INSS. Recebem internet em casa cerca de 600 pessoas, em um universo de 5 mil habitantes da zona urbana.

 
Monte Santo de Minas / MG
Objetivo é ser totalmente digital

A pequena Monte Santo de Minas, com 592,5 quilômetros quadrados e cerca de 22 mil habitantes, possui unidades de saúde e escolas interligadas à prefeitura, internet nos prédios externos à sede e telecentros para a população. Outras ações  serão realizadas entre 2009 e 2010 no município mineiro, entre as quais ampliar os pontos de acesso da rede wireless de quatro, atualmente, para 20.

 
São José do Rio Preto / SP
Inclusão digital e serviços online

Localizada no noroeste de São Paulo, e onde vivem cerca de 414 mil habitantes, São José do Rio Preto está usufruindo dos resultados do investimento em tecnologia. Por intermédio da Empresa Municipal de Processamento de Dados (Empro), o município implantou projeto baseado em três pilares: infraestrutura, governo eletrônico e inclusão digital.

 
Bauru / SP
Um projeto feito aos poucos

Em Bauru, cidade paulista com cerca de 356 mil habitantes, as iniciativas de Cidade Digital começaram a ser desenvolvidas em 2005 e incluem, por exemplo, a interligação das unidades  administrativas, uma rede de fibra ótica e outra sem fio e a informatização de serviços para o cidadão. A expectativa é que a nova administração municipal dê continuidade aos projetos a partir de 2009.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   [13]   14   15   16   17   18   19   20   > »

«Voltar



Apoio: