Mercado » Setor Público

Cobertura geográfica
Secretário do Minicom explica o uso de satélites no PNBL

O secretário de Telecomunicações do MiniCom, Maximiliano Martinhão, durante participação em evento, comentou sobre o papel do satélite no Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Destacou, por exemplo, a capacidade de os satélites cobrirem vastas áreas geográficas, viabilizando a prestação de serviços de telecomunicações tanto em locais densamente povoados como em regiões mais afastadas.

 
Parceria com a iniciativa privada
Telebras vai gerenciar satélite que poderá ser usado no PNBL

O satélite geoestacionário que o Brasil pretende lançar em 2014 vai atender prioritariamente as comunicações corporativas do governo, mas haverá uso comercial da capacidade, nos moldes do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), tarefa que ficará indiretamente com a Telebras. Para gerenciar a operação, a Telebras constituirá uma nova empresa, em parceria com a iniciativa privada. 

 
ICMS zero
Minicom pede ao Confaz desoneração da banda larga

O Ministério das Comunicações encaminhou carta aos secretários estaduais de Fazenda com um pedido para que seja discutida, em uma próxima reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), a desoneração de ICMS em serviços de telecomunicações, especificamente na oferta de banda larga. Segundo o ministro Paulo Bernardo, “a proposta é zerar para a banda larga.” 

 
De olho na Copa de 2014
Governo do Estado do Rio terá centro de dados próprio em 2013

A fim de agilizar o processamento de dados e aumentar a segurança da troca de informações da administração pública, o governo do Rio de Janeiro promete construir um centro de dados próprio no segundo semestre de 2013.  O projeto, inserido num programa de ações de modernização da gestão estadual, foi anunciado pelo presidente do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj), Paulo Coelho, durante o RioInfo, evento de tecnologia que acontece na capital fluminense. A construção do data center custará US$ 675 mil, que serão financiados pela Agência Americana de Fomento e Desenvolvimento (USTDA).

 
Primeiro do país
TIM faz piloto de segurança remota no Rio de Janeiro

A TIM/Intelig está fazendo um piloto de soluções de segurança remota no bairro da Lapa, na cidade do Rio de Janeiro, batizadas de Smart Town. A operadora está utilizando um conjunto de sistemas inteligentes e interligados que foram criados pela Telecom Italia. O controle das plataformas está sendo feito a partir do Centro de Operações da Prefeitura. O Rio é a primeira cidade brasileira a testar a solução.

 

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   [87]   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: