Mercado » Setor Público

Projetos tecnológicos
Comissão de C&T do Senado aprova emenda de R$ 200 milhões para inclusão digital

O orçamento federal em 2012 contará com mais R$ 200 milhões para ações de fomento à elaboração e à implantação de projetos tecnológicos de inclusão digital, no âmbito do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O montante está previsto em emenda aprovada pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal.

 
Aproximadamente 20 iniciativas
Municípios do Paraná incentivam inclusão digital

Gestores municipais do Paraná têm se mobilizado para implantar projetos de Cidades Digitais em suas localidades. Segundo a Rede de Participação Política (RPP), ligada à Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), cerca de 20 municípios já contam com iniciativas de uso da tecnologia para disponibilizar sinal gratuito à população e melhorar a gestão pública.

 
142 municípios
PNBL deve chegar a 4 milhões de domicílios da Região Sul em 2012

Cerca de 4 milhões de domicílios em 142 municípios da Região Sul devem ser atendidos pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) até 2012, segundo informa o presidente da Telebras, Caio Bonilha. Na região, a expectativa é atender 91,25% dos municípios até 2017, abrangendo 95,48% da população. Em todo o Brasil, a meta é chegar a 4.424 cidades (78,22%) e a 90,25% da população.

 
Plano Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação 2011-2015
Pará quer ampliar a inclusão digital e o acesso ao conhecimento

Consolidar e ampliar a inclusão digital e o acesso ao conhecimento no Pará estão entre as ações previstas no 1º Plano Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação 2011-2015, lançado pelo governo do Estado. Para isso, o plano prevê, entre outras ações, a implantação de 300 novos telecentros em todo o estado, por meio do Programa Navegapará, que será atualizado. O governo estadual também trabalha na expansão do projeto de Cidades Digitais.

 
Alta velocidade
Telebras usará infraestrutura da Rede Nacional de Pesquisa

A Telebras negocia com a Rede Nacional de Pesquisa (RNP) um acordo que dará ao Plano Nacional de Banda Larga capilaridade em todas as capitais do país. É, basicamente, um acerto de “troca de fibras”, pelo qual a estatal entra com o backbone nacional e poderá utilizar a Redecomep, ou seja, as redes de alta velocidade nas regiões metropolitanas servidas por Pontos de Presença da RNP.

 

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   [83]   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: