Mercado » Setor Público

Para desenvolvedores de software
Rio faz concurso para colocar em prática melhores ideias de aplicativos

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nova etapa do Rio Apps, aberta a desenvolvedores que queiram criar software para por em prática as dez melhores ideias de aplicativos enviadas pelo público na primeira fase do concurso, cujo resultado foi anunciado no final de dezembro de 2011. Na nova etapa, os autores dos melhores programas receberão R$ 30 mil. 

 
Primeira fase: 80 municípios
Aberta consulta pública ao edital do MiniCom para Cidades Digitais

Até 10 de janeiro de 2012, o Ministério das Comunicações (MiniCom) receberá sugestões, via internet, ao primeiro edital do Projeto Cidades Digitais, que prevê a implantação de infovias em municípios brasileiros, com interligação de órgãos públicos locais e acesso público aos cidadãos. Será dada prioridade a propostas das regiões Norte e Nordeste e de cidades com até 50 mil habitantes.

 
Meta para 2012: 80 municípios
MiniCom recomenda parcerias para o projeto de Cidades Digitais

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, aprovou a proposta para o Projeto de Implantação e Manutenção das Cidades Digitais, da Secretaria de Inclusão Digital, com a recomendação de que o ministério procure parcerias com outros órgãos de governo. O próximo passo será a disponibilização da proposta para consulta pública. A meta é começar o programa em 2012, com a implantação de 80 Cidades Digitais.

 
Em estudos, o valor de R$ 15
Banda larga pode ser mais barata para as classes D e E

O Ministério das Comunicações (MiniCom) avalia a possibilidade de lançar um plano de internet voltado para as classes D e E, com valor inferior aos R$ 35 do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Segundo o secretário-executivo do MiniCom, Cezar Alvarez, estudos apontam que uma grande parcela da população que ainda não tem acesso à rede teria condições de pagar em torno de R$ 15 pela conexão.

 
Abinee e Abimaq/Sindimaq
TI na Copa: Abinee vai fiscalizar construção de infraestrutura

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou que o acompanhamento e a fiscalização da implantação da infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014 ficarão a cargo de entidades privadas. Segundo ele, serão assinados acordos com a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e a Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e o Sindicato Nacional das Indústrias de Máquinas (Abimaq/Sindimaq).

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   [81]   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: