Mercado » Setor Público

Administração e gestão municipal
Governo realiza consulta sobre softwares públicos

Até 6 de fevereiro, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) recebe contribuições na consulta pública sobre o termo de referência para contratação de serviços de softwares públicos voltados para administração e gestão municipal. A intenção é consolidar um documento que se torne referência para a contratação de serviços inscritos no Portal do Software Público Brasileiro (SPB).

 
No primeiro semestre
Vitória terá mais de 100 órgãos estaduais integrados com fibra óptica

Escolas, delegacias e hospitais farão parte da Rede Metro.ES/Metrovix que vai integrar mais 60 órgãos estaduais no primeiro semestre deste ano, em Vitória (ES), segundo informações do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest). Com velocidades de 1 a 10 gigabits por segundo, a Rede tem 55 km de extensão e já possui 41 repartições integradas.

 
Fixa: 16,7 milhões e Móvel: 41,1 milhões
Banda larga: Brasil fechou 2011 com quase 58 milhões de acessos

O Brasil fechou 2011 com quase 58 milhões de acessos em banda larga, o que representa um crescimento de cerca de 70% em relação a 2010. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), 23,3 milhões de novos acessos foram ativados ao longo do ano passado. Do total de conexões, a banda larga fixa respondeu por 16,7 milhões e a móvel, por 41,1 milhões.

 
Até agora, 692 cidades
PNBL chega a mais 221 municípios

O Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) chegou, no início de janeiro, a mais 221 cidades brasileiras. No total, 692 municípios já contam com o serviço de internet a preço popular oferecida pelas concessionárias de telefonia fixa (Oi, Telefonica, Algar Telecom e Sercomtel). As conexões são de 1 megabit por segundo, pelo valor mensal de R$ 35 (ou R$ 29,90 nos Estados que abriram mão da cobrança de ICMS).

 
Iniciativas de uso
SLTI vai estudar impacto de software público

O Portal do Software Público, projeto da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, está cadastrando, em uma página especial, iniciativas de uso de programas de computador e aplicativos por prefeituras e governos estaduais. O objetivo do site é entender como os programas têm sido desenvolvidos no Brasil e mensurar o impacto desse tipo de iniciativa, tanto em termos de economia para a administração pública quanto em aspectos políticos. “A intenção é conhecermos um pouco mais o que anda acontecendo com o software público pelo país”, explica Corinto Meffe, diretor do Departamento de Integração de Sistemas de Informação da SLTI, ao Guia das Cidades Digitais.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   [79]   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: