Mercado » Setor Público

Uma questão de segurança
Sites brasileiros de governo e educação têm código infectado

Segundo pesquisa da ESET com 4,5 mil sites latino-americanos, o Brasil lidera o ranking de páginas de governo infectadas com código malicioso. Esses ataques exploram a confiança do usuário em determinado site para capturar, de forma menos suspeita, senhas, credenciais e outros dados. “As áreas estratégicas, como a Receita ou a Polícia Federal, têm tecnologia e foco na segurança. As fragilidades estão nos órgãos menos técnicos. Falta gente, falta conhecimento, e, como consequência de não haver planejamento, também não há orçamento”, diagnostica Camillo Di Jorge, gerente-geral da ESET Brasil. A ESET é uma empresa de software de segurança com escritórios em vários países.

 
Grupo de trabalho
Brasil e Paraguai negociam interferência da radiofrequência

Brasil e Paraguai formarão um grupo de trabalho para discutir medidas para reduzir interferências no uso de radiofrequências nos dois países. O tema fez parte das discussões do Seminário Regional de Radiocomunicações da UIT de 2013 para Américas, realizado em Assunção. O seminário evento tratou de temas como dividendo digital e a potencial identificação de novas faixas para serviços de telecomunicações.

 
450 MHz
Equipamento para cobertura de áreas rurais tem padronização internacional

O consórcio 3rd Generation Partnership Project (3GPP), que reúne seis entidades de normatização de tecnologias de comunicação móvel, concluiu a padronização para equipamentos LTE (Long Term Evolution) que operam em 450 MHz, frequência licitada para atendimento às áreas rurais. Para o Minicom, "este é um passo muito importante, que vai garantir a interoperabilidade e a eficiência do sistema.”

 
Parceria
PNBL: Rede de fibra óptica de Rondônia é ampliada

Uma parceria entre Ministério das Comunicações, governo estadual, Telebras e Eletrobras vai melhorar o acesso de órgãos públicos de Rondônia à internet. A iniciativa, inserida no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) e no Programa Infovia Rondônia, vai conectar a rede de fibra óptica de companhia de telecomunicações à utilizada pelo Estado, aumentando a capacidade de navegação e fomentando projetos de tecnologia da informação.

 
Ética, padronização e mais qualidade das informações
Rio Grande do Sul apoia municípios na Lei de Acesso à Informação

Em agosto, o governo do Rio Grande do Sul lança um programa para apoiar os municípios na adequação à Lei de Acesso à Informação e ao Brasil Transparente. As ações incluem treinamentos e compartilhamento de serviços da Procergs (companhia de TI do Estado). O objetivo inicial é implementar os padrões de transparência nos 43 municípios com mais de 70 mil habitantes. Além das questões éticas, a iniciativa é vista como uma oportunidade de padronização e aumento da qualidade das informações para os próprios gestores. O desdobramento do programa RS Transparente, que passa pela colaboração entre Estado e municípios, parte de um diagnóstico feito pelo governo, com suporte do Tribunal de Contas.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   [39]   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: