Mercado » Setor Público

Banda larga
Telebrás ainda não definiu localidades que receberão internet rápida

A Telebrás ainda não definiu as localidades onde poderá oferecer acesso à internet rápida, previsto no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Segundo o presidente da empresa, Rogério Santanna, o certo, até o momento, é que ele será oferecido diretamente ao consumidor somente dos municípios onde as atuais prestadoras não atendem a um “padrão de qualidade”.

 
Meta de 22 mil telecentros
Minicom inicia expansão dos Telecentros Comunitários

O Ministério das Comunicações assinou os contratos iniciais para fornecimento de 1.550 novos kits para o Programa Telecentros Comunitários. Nessa fase, as prioridades são bibliotecas públicas e comunidades isoladas, como as quilombolas, extrativistas e indígenas, bem como assentamentos de reforma agrária. A previsão é instalar 22 mil telecentros comunitários até o fim de 2010.

 
Gestão e responsabilidade fiscal
Prefeitura de Brusque lança Portal da Transparência

A Prefeitura de Brusque, município catarinense, lança um portal para divulgar em tempo real informações sobre execução orçamentária e financeira, de modo a atender o que regulamenta a Lei Complementar número 131, conhecida como Lei da Transparência. As informações são alimentadas por meio de um software de gestão pública municipal que agrega dados de secretarias e órgãos ligados à prefeitura.

 
Mapeamento
Projeto de geoinformações modernizará gestão de rede da Companhia de Pernambucana de Saneamento

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está implementando um projeto corporativo de informações geográficas que tem como objetivo modernizar a gestão operacional da rede, que tem 10,7 mil quilômetros de extensão. O projeto, batizado de PROGIS, mapeará todo o circuito de água e esgoto da companhia com o objetivo de combater as perdas no processo de distribuição.

 
Definições
Diário Oficial publica decreto que institui Plano Nacional de Banda Larga

O Diário Oficial da União do dia 13 de maio publica o decreto presidencial que cria o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). De acordo com o decreto, o programa tem, entre os objetivos, massificar o acesso à Internet de alta velocidade, acelerar o desenvolvimento econômico e regional, promover a inclusão digital, reduzir as desigualdades sociais regionais, promover a geração de emprego e renda e aumentar a competitividade das empresas brasileiras.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   [128]   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: