Mercado » Setor Público

Internet de alta velocidade para 1.600 cidades de 14 estados
Minicom autoriza investimento em 4G para zonas rurais

O Ministério das Comunicações aprovou seis projetos de construção de redes de acesso sem fio à internet de alta velocidade por meio da faixa de 450 MHz. As iniciativas estão inseridas no âmbito do Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga (REPNBL) e beneficiarão 1.611 municípios de 14 estados, principalmente nas zonas rurais. Os projetos são de responsabilidade de duas operadoras de telefonia celular e totalizarão R$ 450 milhões.

 
Prefeitura, câmara e Tribunal de Contas
SP: lei municipal torna mais efetivo acesso a dados públicos

Todos os dados não sigilosos da prefeitura, da câmara e do Tribunal de Contas de São Paulo deverão ser disponibilizados em formato aberto, conforme a Lei 16051, assinada recentemente pelo prefeito Fernando Haddad. A legislação garantiria que as informações não ficariam contidas em formato proprietário e que os dados possam ser lidos por outras aplicações, o que é fundamental para esquemas eficazes de controle.

 
Conteúdo, aplicativos e games
Professores terão aplicativo de classificação etária

Os Ministérios da Justiça e da Educação anunciaram um aplicativo, desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Goiás, que fornece aos professores informações sobre as classificações indicativas de programas de televisão, filmes, aplicativos e games. Na mesma semana, o MJ também lançou um sistema que automatiza, conforme critérios internacionalmente aceitos, a classificação de conteúdo.

 
Inscrições até 19 de setembro
Ministério das Comunicações lança concurso para aplicativos e jogos

O Ministério das Comunicações lançou concurso de aplicativos e jogos eletrônicos voltados a educação e saúde. Ao todo, serão distribuídos R$ 4,5 milhões aos vencedores. Podem participar da seleção pessoas físicas e empresas, desde que estabelecidas no país.  O concurso receberá propostas e aplicativos prontos, voltados para dispositivos móveis e TVs digitais com acesso à internet. As inscrições vão até 19 de setembro.

 
Propostas semelhantes
Candidatos à presidência não citam Cidades Digitais em programas

Os programas e as propostas de governos dos candidatos mais bem colocados nas pesquisas de opinião não mencionam iniciativas de Cidades Digitais e são superficiais em relação ao uso de novas tecnologias na administração pública. O Guia das Cidades Digitais buscou, nos programas de governo protocolados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), propostas relativas à implementação de programas de modernização de prefeituras, disponibilização de acesso à internet para a população e iniciativas de governo eletrônico e encontrou apenas ideias gerais, sem uma proposta específica para o setor. De forma geral, as propostas são semelhantes. Os candidatos prometem utilizar as tecnologias da informação e da comunicação (TICs) para tornar a administração pública mais eficiente e defendem a ampliação do acesso à internet, com preços mais baixos e maior velocidade.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   [12]   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: