Mercado » Setor Público

Aportes
Telebrás tem quase R$ 600 milhões para o primeiro ano do PNBL

Apesar da expectativa de contar com cerca de R$ 1 bilhão para o primeiro ano de atividades do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), os aportes da União na Telebrás ficaram em aproximadamente R$ 600 milhões. Inicialmente, a previsão era de uma suplementação orçamentária, ainda em 2010, de R$ 600 milhões, além de outros R$ 400 milhões no Orçamento de 2011.

 
Prioridade
Novo governo aponta para a popularização da internet

No que depender dos novos comandantes dos ministérios, o acesso à internet em banda larga no Brasil vai aumentar por meio de políticas públicas. Em seus discursos de posse, tanto Aloizio Mercadante, agora titular da pasta de Ciência e Tecnologia, quanto Paulo Bernardo, à frente da área de Comunicações, afirmaram compromisso com a popularização da internet. De acordo com Bernardo, o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), instituído em 2010 pela administração Lula, é a segunda prioridade da presidente Dilma Roussef. Já Mercadante apontou o PNBL como meio de melhorar a educação e estimular o interesse pela ciência no país.

 
Inclusão digital e cidadania
Ministério da Defesa e Microsoft fecham parceria na Região Norte

Comunidades de seis estados da Região Norte receberão os Centros Integrados de Desenvolvimento Regional. O projeto, lançado pelo Ministério da Defesa, terá como base 30 pelotões especiais de Fronteira, que receberão 300 computadores destinados a programas de inclusão digital, tele-ensino e ações de cidadania. Os computadores foram doados pelo Tribunal Superior do Trabalho e a parte de software caberá à Microsoft.

 
Mais pontos
Minicom recebe contribuições para novo edital do Gesac até 7 de janeiro

As empresas de telecomunicações terão até o dia 7 de janeiro para encaminhar dúvidas e sugestões ao edital de licitação que prevê a contratação de mais 13 mil pontos de conexão à internet para o Programa Gesac. O prazo foi anunciado durante audiência pública, na sede do Ministério das Comunicações, que reuniu representantes de dez operadoras serviços de telecomunicações e integrantes do Minicom.

 
Plano Nacional de Banda Larga
Requisitos para fazer parceria com a Telebrás estão em consulta pública

Estão em consulta pública na internet os requisitos mínimos para os prestadores de serviço interessados em serem parceiros da Telebrás na implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL).  As contribuições e sugestões fundamentadas e devidamente identificadas devem ser encaminhadas, preferencialmente, por meio do formulário eletrônico disponível no site do Governo Eletrônico.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   [110]   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   > »

«Voltar



Apoio: