Mercado » Dados e pesquisas

Indicadores de eficiência e práticas de gestão
Instituto Ethos avalia transparência em capitais

Até o início de dezembro, as prefeituras das capitais terão recebido uma notificação sobre os critérios do programa Cidade Transparente, uma avaliação de 128 indicadores de eficiência e práticas democráticas de gestão. A análise será focada em três blocos: qualidade dos dados de governo; dos canais de serviços aos cidadãos; e efetividade dos mecanismos de participação popular. A pontuação das capitais será divulgada no segundo trimestre de 2015.

 
Cisco e Conselho de Cidades Inteligentes dos EUA
Infraestrutura é o principal impulso para cidades inteligentes, diz estudo

A Cisco e o Conselho de Cidades Inteligentes dos EUA publicaram estudo que confirma que a melhora na infraestrutura das cidades pode ser motor de crescimento e desenvolvimento, além de mostrar o panorama atual e a visão dos líderes sobre o tema. A pesquisa apresenta os desafios enfrentados diariamente pelos líderes e as medidas em curso ou que pretendem adotar para tornar as cidades mais inteligentes.

 
Os efeitos da banda larga
Pesquisa aponta que Internet desenvolve economia

Recente estudo realizado pela rede de pesquisadores Diálogo Regional sobre a Sociedade da Informação com apoio do IDRC (Centro de Pesquisa de Desenvolvimento Internacional) em seis países da América Latina mostra que presença de banda larga melhora rendimentos mesmo de quem não utiliza Internet, mas impacto no crescimento econômico depende de mais fatores, principalmente investimento em capital humano.

 
Entre 25 países
Brasil é 11º em ranking de conectividade

A Huawei divulgou, recentemente, um ranking de conectividade com os 25 países mais prósperos do planeta. A Alemanha lidera, seguida pelos Estados Unidos e Reino Unido. O Chile aparece em quarto. O Brasil, em 11º. Esse índice de conectividade avalia 16 parâmetros – infraestrutura, investimento/PIB, regulação, acesso (financeiro), velocidade média de download, banda larga fixa e móvel, entre outros.

 
Trabalho da ONG Inesc
Pesquisa aponta que capitais não são transparentes na prestação de contas ao cidadão

Nenhuma capital brasileira tem prestação exemplar de contas ao cidadão. Na verdade, todas estão longe deste ideal. É o que mostra recente pesquisa feita pela ONG Inesc em parceria com o Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação da Universidade de São Paulo (Gpopai- USP).  O estudo afirma que a maior parte das prefeituras não oferece informações atualizadas sobre receitas e despesas em seus sites, que o acesso aos dados não é universal e que há carência de dados primários. Por outro lado, diz que as informações são completas e aponta avanços na disponibilização de dados processáveis e em formato aberto. Os portais mais bem classificados foram os do Rio de Janeiro, São Luís e João Pessoa. O pior colocado foi o de Manaus.

 
« <   1   2   [3]   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   > »

«Voltar



Apoio: