Como construir uma Cidade Digital » Gestão

Caminhos para a estação de chuvas no Brasil
Emergências climáticas: especialistas em comunicação dos EUA dão dicas

Em outubro de 2012, os serviços meteorológicos dos EUA perceberam a formação de um furacão no Oceano Atlântico. O fenômeno climático foi batizado de Sandy e gerou grandes preocupações na população. Em entrevista ao Guia das Cidades Digitais, chefes do setor de relações com o público da norte-americana Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA), agência responsável por alertas de furacões e tempestades, contam como organizaram o trabalho e mostram caminhos que podem ser aplicados também no Brasil, onde a estação de chuvas se aproxima. Um exemplo foi o forte investimento em mídias sociais. Twitter e Facebook passaram a fazer parte da estratégia da agência, que ampliou seu papel de fonte da grande mídia a um veículo de informação primária, à qual as pessoas recorriam.

 
Sala informatizada
Governo do Paraná terá acompanhamento de ações em tempo real

O governo do Paraná instalou, em novembro, o Gabinete de Gestão e Informação (GGI). A solução permite integrar dados de todas as secretarias de estado para o monitoramento de resultados da administração. A sala informatizada fica no Palácio Iguaçu e, a partir dela, o governador pode acompanhar em tempo real o desenvolvimento das ações nas diversas áreas.

 
Prática demanda cuidados
Riscos e vantagens de usar o próprio celular no trabalho

A prática do chamado BYOD, do inglês bring your own device (traga seu próprio aparelho), expande-se em ambientes públicos e privados e demanda cuidados, tanto por parte do empregador quanto do empregado. Algumas companhias incentivam esse comportamento, tomando as precauções necessárias, tanto em termos jurídicos quanto de segurança da informação. Outras, no entanto, não estão alertas para o tema, que começa a ganhar força também no Brasil. Em órgãos públicos, a prática do BYOD demanda atenção redobrada, alertam especialistas. Isso acontece porque a administração pública é pautada pelo princípio da discricionaridade, ou seja, o órgão está acima do indivíduo por prestar um serviço a toda a população. Assim, caso o funcionário decida utilizar seu aparelho para tarefas de trabalho, pode ser obrigado a instalar dispositivos de segurança. 

 
“Gamification”
Jogos não servem só para distrair, inclusive no governo

Em 2010, o Departamento de Trabalho e Previdência (DWP, na sigla em inglês) do Reino Unido lançou um jogo para seus funcionários. O que poderia ser uma ideia ruim, capaz de tirar o foco do trabalho, transformou-se em uma ferramenta que gerou inovações e proporcionou economia a uma das mais importantes pastas do governo britânico. A plataforma Idea Street (rua das ideias, em tradução livre) conseguiu fazer com que os servidores públicos colaborassem entre si para sugerir e implementar ações que melhorassem o funcionamento do órgão e, consequentemente, o serviço prestado aos cidadãos. No Brasil, há poucos exemplos desse tipo de aplicação. A prefeitura de Olinda, por exemplo, utiliza a lógica dos games para promover o turismo, uma das principais atividades do município pernambucano.

 
Estudo mais sistemático
Professores devem estimular aprofundamento no conteúdo da web

À medida que os professores e alunos têm acesso a computadores e Internet, e a informática se associe efetivamente às atividades escolares, o próximo desafio é enfrentar a tendência ao imediatismo e usar as mídias digitais para um estudo mais sistemático. “Devemos considerar que quem vai se destacar no mercado de trabalho são aqueles capazes de entender com profundidade e senso crítico determinado conteúdo”, lembra Rubem Saldanha, gerente para Educação da Intel Brasil. Ele observa que mesmo as pessoas escolarizadas e mais velhas passam a resistir a leituras mais longas quando se tornam consumidores de informação na Internet. “A preocupação é que algumas carreiras exigem que se crie o hábito de dedicação e insistência. Sem isso, corremos o risco de ter déficit de engenheiros ou médicos”, adverte.

 
« <   1   2   3   4   5   6   [7]   8   9   10   11   12   13   14   15   > »

«Voltar



Apoio: