Como construir uma Cidade Digital » Gestão

Combate ao assédio moral
ONG ajuda prefeitura a combater cyberbullying

“Cyberbullying é, definitivamente, o maior problema em relação a adolescentes e internet em todo o mundo”. Assim Gonzalo Saiz, diretor pedagógico da ONG Telas Amigas, avalia a gravidade do assédio moral via redes sociais na atualidade. A organização, um braço da Fundação Edex, nasceu na Espanha nos anos 1970 e atua no Brasil há três anos em parceria com a prefeitura de Três Rios, no Rio de Janeiro. Segundo ele, 8% dos adolescentes podem sofrer cyberbullying grave, ou seja, com consequências potencialmente profundas para sua saúde emocional. Dedicada a projetos educacionais alternativos, a ONG passou a se preocupar com as consequências das “brincadeiras” na internet nos anos 2000 ao se deparar com o aumento do número de reclamações de jovens em relação a essas práticas e vendo que uma nova educação precisava ser estimulada no ambiente online.

 
A questão da força política
Especialista diz que tecnologia facilita participação popular, mas não resolve representatividade

Convergência de informações e ações entre secretarias; exposição dos dados; e serviços de e-Gov voltados à transparência, intervenção e controle social são condições tecnológicas fundamentais de um governo aberto. “O que não se deve é crer na expectativa de que o meio digital vá alterar as relações políticas”, pondera Vagner Diniz, gerente do W3C Brasil e membro do Conselho Estadual de Transparência de São Paulo. Mesmo com a velocidade de comunicação e a relativa força mobilizadora da Internet, Diniz avalia que movimentos sem base em “comunidades reais” (onde não dá para simplesmente “excluir” os antagonistas e as alianças vão além do “curtir”) têm importância e força política muito limitadas. “Argumentações superficiais e vínculos tênues não criam movimentos sustentáveis, nem na sociedade nem na Internet”, resume. 

 
Informações críticas
Sigilo dos dados no governo: todos são responsáveis

Mais danoso do que omitir uma informação de interesse público é revelar – por má-fé ou erro – uma informação restrita, que privilegie interesses privados. Hoje, há tanto tecnologias quanto métodos que atenuam a maior parte dos riscos, mas esbarram em hábitos culturais. Na prática, as soluções tecnológicas de proteção são bastante eficazes para frustrar as tentativas de acessos indevidos (por exemplo, por interessados em concessões ou licitações).

 
Custo operacional e sustentação
Cidades Digitais: gestão de redes é o grande desafio

O custo operacional e os modelos de sustentação técnica e econômica das redes municipais de acesso Wi-fi requerem mais esforço do que a própria implementação, advertiu Giuseppe Marrara, diretor para Assuntos de Governo da Cisco Brasil, durante a apresentação do Barômetro da Banda Larga, relatório anual promovido pela empresa. A pesquisa, executada pela IDC, revela que em 2012 o Brasil chegou a 25,8 milhões de conexões de banda larga. 

 
Cidade Legal
População mapeia problemas com aplicativo móvel

Com o uso dos mapas já disponíveis nas plataformas Android e iOS, a WBF Mobile simplifica a denúncia de problemas urbanos e facilita o entendimento pelas prefeituras das reclamações da população. No aplicativo Cidade Legal, o usuário pode destacar alguns pontos no mapa e associá-los a problemas já listados, como buraco na rua, focos de dengue ou pontos de alagamento, com a opção de incluir uma foto. Pode-se também ver todos os pontos marcados em determinada região e a resposta da prefeitura, caso já tenham sido informadas as providências. “O objetivo é direcionar as ações da prefeitura para onde o cidadão reclama. É muito importante que haja retorno da prefeitura, para dar sentido à colaboração dos cidadãos”, afirma Wilson Baraban Filho, diretor de desenvolvimento da WBF Mobile.

 
« <   1   2   3   4   [5]   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   > »

«Voltar



Apoio: