Como construir uma Cidade Digital » Gestão


Novo programa vai ensinar a gerir Cidades Digitais

Ensinar, na teoria e na prática, tudo relativo à implementação e à operação de uma Cidade Digital. É isto que fará o Programa Nacional de Capacitação em Cidades Digitais, iniciativa do Guia das Cidades Digitais que terá o Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) como parceiro na execução. Com quatro capacitações já previstas para o primeiro semestre de 2010, o programa será lançado oficialmente durante o I Fórum Nacional de Cidades Digitais que acontece nos dias 1 e 2 de outubro, em Brasília (DF). A ideia é treinar gestores públicos de TI, administradores e responsáveis pelas áreas de informática e telecomunicações de municípios, para que possam ter melhor desempenho tanto no planejamento de um projeto de digitalização, quanto na operação.

 

Especialista defende software livre, educação e cultura digital

Quando se fala na relação entre informática e educação, uma pessoa é referência unânime. Léa Fagundes é pedagoga e psicóloga, doutora em psicologia do ensino e vem fazendo história como uma das primeiras vozes defensoras da informática aplicada à educação − ou da “integração da escola na cultura digital”, como prefere chamar. Fundou em 1973 o Laboratório de Estudos Cognitivos (LEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS) e foi pioneira nos projetos, governamentais ou não, de uso de computadores como ferramenta de ensino. Influenciada pelo pensador suíço Jean Piaget, a professora Léa, como é conhecida, usa a visão sistêmica para entender e explicar que criança não precisa ter aula de informática. “Criança não precisa ser ensinada, ela aprende”, diz a professora.

 

Piraí é o primeiro município do mundo a adotar um PC por aluno

Os netbooks da Intel, conhecidos como Classmates e já bastante difundidos em salas de aulas e projetos educacionais da iniciativa privada, fazem sua estreia entre alunos da rede pública brasileira em Piraí, no Estado do Rio de Janeiro. É o primeiro projeto municipal de um computador por aluno não só no Brasil, mas em todo o mundo. Foram compradas 5.500 unidades dos equipamentos.

 

Ceará muda modelo de negócios de seu Cinturão Digital

Enquanto implanta seu Cinturão Digital −  2.500 quilômetros de fibra ótica para iluminar com sinal de internet cerca de metade do território estadual, alcançando 83% da população −, o Ceará repensa a estratégia de negócios e planeja um modelo com a participação da iniciativa privada para manter a rede instalada. Lançado em março do ano passado, o Cinturão tem previsão de conclusão para dezembro deste ano.

 

Bahia testa modelo de Estado Digital com sustentabilidade

Com quase 600 mil habitantes, Feira de Santana é uma das maiores dentre as 417 cidades baianas. É lá que será testado o projeto piloto de parceria entre Estado, município e iniciativa privada para a construção de uma Cidade Digital, em um empreendimento encabeçado pela Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). A semente da construção deste modelo, ainda não finalizado, começou a ser plantada em fevereiro de 2008, como adiantou o Guia das Cidades Digitais.

 
« <   1   2   3   4   5   6   7   8   9   [10]   11   12   13   14   15   > »

«Voltar



Apoio: