Por que ser uma Cidade Digital » Novos projetos » Tecnologia para o combate à violência

Feira de Santana (BA) dispõe de tecnologia para o combate à violência

 

A segurança pública no município de Feira de Santana (BA) está entrando na era digital, graças à instalação de um sistema de monitoramento por câmeras que promete agilizar o atendimento a ocorrências na cidade. A iniciativa é um exemplo de como a infraestrutura de áreas diferentes pode ser compartilhada em projetos de Cidades Digitais. Algumas das câmeras usadas para combater a violência estão instaladas em postos de saúde, que ganharam o equipamento dentro do Sistema Saúde Digital.

Os equipamentos funcionam há mais de dois meses, em caráter experimental, e o prédio da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência (Seprev), com a central de videomonitoramento, foi inaugurado no início de dezembro. Já são mais de 290 câmeras espalhadas pela cidade, sendo 72 ligadas à central da Seprev, que integra agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e a Central de Atendimento 156. A previsão é que até junho de 2012 serão instalados mais 113 equipamentos.

Com isso, a movimentação na cidade será monitorada 24 horas por dia na Seprev, que passa a ter a possibilidade de acionar de imediato o órgão correto para o atendimento a alguma ocorrência ou acidente. A maioria das 72 câmeras ligadas à nova central funciona em órgãos públicos, e 16 delas estão localizadas em pontos comerciais da cidade. Algumas têm alcance de até 1 km e podem ser operadas direto da central, com 360 graus de visibilidade.

“Este projeto é fruto de um trabalho árduo em parceria com o governo do Estado, extremamente essencial para o sucesso das ações e garantia de mais segurança e tranquilidade para a população”, avaliou o titular da Seprev, Mizael Freitas, durante a cerimônia de inauguração da central de videomonitoramento.

A localização das câmaras ligadas à Seprev pode ser visualizada nesse link.

Feira de Santana Digital

A iniciativa na área de Segurança Pública é um dos serviços apoiados em tecnologia oferecidos aos cidadãos de Feira de Santana, segundo maior município da Bahia, com 542 mil habitantes, segundo o Censo de 2010.

O Sistema Saúde Digital, por exemplo, conta com uma infraestrutura de comunicação sem fio de alta velocidade, que permite a interligação dos setores da prefeitura e unidades de saúde da zona urbana e rural, bem como o monitoramento das informações sobre os pacientes na recepção, durante o atendimento médico ou em qualquer outra unidade da rede. Segundo dados da prefeitura, 47 unidades de saúde já estão informatizadas.

No setor da Educação, os responsáveis por alunos da rede municipal já podem consultar o boletim e a frequência escolar via internet, e as aulas têm o auxílio da lousa digital. Para 2012, está prevista a implantação do controle de horário de chegada e saída dos estudantes por meio da impressão digital.

A cidade dispõe ainda de 23 centros digitais, que executam 11 projetos voltados para informática, como Alfabetização Digital, Acessibilidade, Tecnologia nas Nuvens, Manual da Governança Amiga, Habilidades em Tecnologia, Soluções da Microsoft para Educação, entre outros.

Leia também

Bahia testa modelo de Estado Digital com sustentabilidade

 

Data: 02 de janeiro de 2012
Autor: Daniela Oliveira, com informações da Prefeitura de Feira de Santana

«Voltar



Apoio: