Mercado » Eventos » Rio Wireless chega à 15ª edição tendo como tema central a Internet das Coisas

Rio Wireless chega à 15ª edição tendo como tema central a Internet das Coisas

Em sua 15ª edição, a Rio Wireless, conferência que coloca em pauta temas de relevância no âmbito das telecomunicações, teve como tema principal “Internet das coisas nas cidades conectadas”. O evento continua com seu propósito de trazer ao debate as tendências do setor. Durante essa edição, que aconteceu no Rio de Janeiro nos dias 6 e 7 de maio, o foco foi a transformação imposta pela internet sobre os negócios e seus impactos em todas as áreas, incluindo as cidades. Como afirma Carlos Calazans, diretor-geral da Network Eventos, empresa que promove a conferência, a Internet das Coisas (IoT, na sigla  em inglês) configura-se como a terceira onda no desenvolvimento da internet e estará cada vez mais presente no cotidiano.

“A Internet das Coisas revolucionará o ambiente das pessoas, seja por meio de casas e cidades inteligentes e carros conectados, seja pelas tecnologias aplicadas à saúde, por exemplo. E as autoridades governamentais precisam acompanhar esse movimento. A súbita expansão do mercado irá aumentar o impacto econômico da IoT, assim como toda a sociedade encontrará novas formas de explorar a tecnologia”, observa.

Antonio Bastos, presidente do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj) e presença confirmada para o debate de abertura da 15ª Rio Wireless, destaca a importância do tema central do evento. “Dados divulgados pela empresa de consultoria Gartner apontam que 4,9 bilhões de dispositivos conectados à internet estarão em uso em 2015, um aumento de 30% em relação a 2014, e esse número chegará a 25 bilhões até 2020”, cita. 

Ele comenta ainda que a Rio Wireless destaca-se por proporcionar a troca de experiências e o debate sobre o avanço do uso das tecnologias a favor da gestão pública e do cidadão. “Durante o evento, o governo pode apresentar seus planos e desafios, bem como ouvir as preocupações, perspectivas e interesses do mercado e da sociedade. O encontro também é uma ótima oportunidade para que os gestores públicos tomem conhecimento de novas aplicações de tecnologias da informação e da comunicação”, avalia.

Diretor-presidente da Empresa Municipal de Informática da Cidade do Rio de Janeiro (IplanRio), Victor Zajdhaft, que também estará no debate de abertura, concorda. Segundo ele, a Rio Wireless envolve os participantes na troca de conhecimento e em debates com foco na melhora da relação entre a cidade e seus habitantes. “Não é simplesmente um evento de tecnologia, mas sim um evento sobre como a tecnologia favorece o cidadão e como o governo, junto com a sociedade, pode atuar para potencializar os benefícios da tecnologia no dia a dia”, observa.

Programação do primeiro dia

O evento será iniciado com o debate “Internet das coisas nas cidades conectadas ”, que terá como moderadora a jornalista Ana Paula Lobo, do portal Convergência Digital. Estarão presentes ainda nomes como Maximiliano Martinhão, secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações; Bruno Ramos, diretor regional das Américas da International Telecommunications Union (ITU); Victor Mammana, diretor do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Marcos Mazoni, presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro); e Carlos Duprat, diretor do SindiTelebrasil.

Igualmente confirmado para o debate de abertura, Marcelo Bechara, conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), antecipa como será a sua participação. “Pretendo tratar o assunto com enfoque nas competências da Anatel, abordando tópicos como a desoneração do Fistel [Fundo de Fiscalização das Telecomunicações] para incentivo às conexões machine to machine, neutralidade de rede e direito de acesso, além das redes de 5G, já que o enfoque do evento está na conexão sem fio”, comenta, acrescentando que espera tratar do assunto com abertura e colaboração. “Assim será possível obter visões variadas acerca da internet das coisas, que é o futuro”, diz.

Após a abertura, Eduardo Koki Iha conduzirá a palestra “Internet das Coisas (IoT): a visão da Telefônica | Vivo”. O gerente da divisão de Smart Cities abordará como a empresa tem se posicionado e atuado em relação ao tema. “Compartilharei experiências da operadora no Brasil, seja ajudando a criar o ecossistema IoT ou investindo em plataformas e criando aplicações”, afirma.

Em seguida, será realizada palestra de representante da Intel. Na sequência, os temas em destaque serão “Espectro adicional para banda-larga móvel –WRC-15” e “Saúde e Big Data”, a serem conduzidos por Luciana Camargos, gerente sênior de políticas públicas da GSMA Brasil, e Eduardo Prado, consultor especializado, respectivamente.

À tarde, as atividades serão retomadas com a palestra “Financiamento a inovação”, a ser ministrada por Rodrigo Ferreira, gerente do Departamento de Tecnologia da Informação e Serviços da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Em seguida, acontece o painel “IoT: A visão das operadoras”, que, moderado por Eduardo Tude, presidente da empresa Teleco, reunirá convidados como  Iha, Janilson Junior, head of network innovation & governance da TIM Brasil; e Leonardo Gadelha, gerente de novos negócios & SVA’s da Oi.

Na sequência, serão realizadas as palestras “IoT – global experience”, ministrada por Francisco Soares, diretor sênior de Relações Governamentais da Qualcomm, e “WebRadar”, conduzida por Marco Vieira, gerente de inovação da WebRadar.

Para o primeiro dia, estão previstos ainda os painéis “Smart Utilities: energia elétrica” e “Aplicações de IoT: smart home, automotive e wearable”. Nesses debates, estarão presentes convidados como João Brito Martins, diretor de Desenvolvimento Organizacional da Energias do Brasil; Jeferson Marcondes, do Comitê Brasileiro de Eletricidade da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); Oren Pinsky, diretor de Novos Negócios da Qualcomm; e Rodrigo Reis, sócio-fundador da Radar PPP; além de representantes da Intel e da IBM.

Segundo dia de evento

As atividades do segundo dia começarão com a palestra “Educação nas cidades conectadas”, que será realizada por Katia Galvane, gerente de Desenvolvimento de Negócios Cidades Inteligentes da Telefônica | Vivo. Em seguida, os participantes poderão conferir o painel “Cidades conectadas: o desafio das metrópoles”.

O debate contará com a presença do presidente do Proderj, do diretor-presidente da Iplan-Rio, do diretor da ITU, além de Alexandre Cardeman, chefe de Tecnologia do Centro de Operações Rio; Marcelo Pimenta, diretor de Infraestrutura e Tecnologia da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (Prodam); Antônio Marcos Alberti, professor e pesquisador; e José de Rezende, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Na sequência, acontecerá o painel “Segurança pública nas cidades conectadas”, que contará com moderação de Edval Júnior, subsecretário de Comando e Controle do Estado do Rio de Janeiro. A atividade seguinte será a palestra “Financiamento para Cidades Digitais”, a ser conduzida por Jorge Souza, da área de Infraestrutura Social do Departamento de Gestão Pública do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O último debate do evento será “Educação na cidade conectada: o futuro da internet nas escolas”. Estarão presentes convidados como Simone Monteiro, assessora da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro; Cesar Rômulo Neto, secretário-geral da TELEBRASIL; e Demi Getschko, conselheiro do Comitê Gestor da Internet e diretor-presidente do NIC.Br.

Informações e inscrições

A 15ª Rio Wireless será realizada no Hotel Windsor Barra – Av. Lucio Costa, 2630, Rio de Janeiro (RJ) nos dias 6 e 7 de maio.

Para conferir a programação completa e inscrever-se no evento, acesse a página da conferência (http://www.networkeventos.com.br/site/evento.php?evento=303&lg=pt) no site da Network Eventos. Servidores públicos contam com cota de cortesia.


Data: 27 de abril de 2015
Autor: Gabriela Bittencourt

«Voltar



Apoio: