Por que ser uma Cidade Digital » Experiências de sucesso » Em Porto Alegre, aplicativos aumentam utilização de dados de interesse público

Em Porto Alegre, aplicativos aumentam utilização de dados de interesse público

Além dos acessos ao portal PoaTransporte pela web, os dados da Secretaria de Transporte de Porto Alegre servem a uma série de aplicativos desenvolvidos por pequenas empresas ou grupos sociais. “Ficamos muito surpresos com a disseminação dos dados do portal, pois embora já estivessem disponíveis isso não foi tão divulgado pela empresa. Temos o conhecimento de vários aplicativos desenvolvidos para utilizar os dados do portal. Isso é muito gratificante para nós”, disse César Birdi, representante da Procempa (Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre) no 14º Fórum Internacional Software Livre – FISL14.

A expansão dos serviços do portal por meio de aplicativos de terceiros deve-se, em grande parte, à decisão de publicar o conteúdo no formato JSON (notação de objetos em JavaScript). Na prática, o uso dessa linguagem permite que as informações sejam inteligíveis tanto por pessoas quanto por programas de computador, como aplicativos móveis. O desenvolvimento de aplicativos que chamam dados no formato JSON é bem mais simples (comparado a XML ou Ajax, por exemplo) e os serviços tonam-se muito confiáveis, pela eficiência no fluxo de dados.

O PoaTransporte reúne informações sobre a localização das paradas e rotas dos ônibus, lotações e pontos de táxis disponíveis pela capital gaúcha, com diversos critérios de busca (endereço, linhas de ônibus, etc.). Além das ruas e rotas de ônibus, os mapas indicam zonas de interesse, como pontos turísticos, parques, hospitais e outras referências na cidade.

Data: 10 de julho de 2013
Autor: Vanderlei Campos, com informações do blog do FISL14

«Voltar



Apoio: