Roteiro de compras » Aplicações » CPqD lança leitor de imagens para Android

CPqD lança leitor de imagens para Android

Já está disponível para download gratuito o Alcance, um aplicativo desenvolvido pelo CPqD que viabiliza o uso das funções do smartphone para cegos e deficientes visuais. “A intenção é facilitar o uso dos principais recursos do smartphone, dando mais autonomia e privacidade à pessoa com deficiência visual”, explica Graziela Barros, gerente de produto no CpqD.

À medida que a pessoa desliza o dedo sobre os ícones, uma voz sintetizada informa a função correspondente àquela área. Com mais um toque, o usuário tem acesso à função: realizar e receber ligações, enviar e receber mensagens de texto (SMS), consultar o histórico de ligações, o nível de bateria, a data e hora e a lista de contatos telefônicos.

Além dessas funções básicas, o CPqD Alcance oferece também algumas funções avançadas, como despertador (com lembrete de voz), localização e auxílio ao deslocamento, tocador de música e leitor de arquivos de texto, por exemplo.

A aplicação é resultado do Projeto VozMóvel, desenvolvido pelo CPqD em parceria com o Centro de Prevenção à Cegueira (CPC) de Americana, com o apoio de recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel), do Ministério das Comunicações, administrados pela Finep. “A parceria com o CPC é um diferencial importante, porque permitiu identificar as reais necessidades dos deficientes visuais e a sua participação no próprio desenvolvimento e teste da solução”, afirma Claudinei Martins, coordenador do Projeto VozMóvel.

Em fevereiro do ano passado, o CPqD iniciou um teste piloto com nove pessoas atendidas pelo Centro de Prevenção à Cegueira. Foram avaliados cinco quesitos, sendo que a média das notas atribuídas em cada um foi superior a 9,4 (a pontuação máxima era 10). “O aspecto da autonomia em relação ao uso do smartphone foi o mais relevante, em termos de resultado”, comenta o coordenador do projeto. Além disso, a pesquisa avaliou os quesitos melhora da privacidade, da interação social, do uso do celular e da qualidade de vida.

O foco inicial do CPqD Alcance são as mais de 6,5 milhões de pessoas cegas ou com grande dificuldade permanente de enxergar no Brasil, de acordo com o Censo 2010 do IBGE. Mas essa aplicação do CPqD pode beneficiar também outros usuários de smartphones, como pessoas com baixo letramento ou pouco familiarizadas com tecnologia.

Data: 19 de dezembro de 2013
Autor: Vanderlei Campos, com informações do CPqD

«Voltar



Apoio: